Bem-vindo à Telediu // Produtos Médicos e de Saúde!

  • Inicio
  • Blog
  • Quais as diferenças entre os DIUs de cobre e prata?

Quais as diferenças entre os DIUs de cobre e prata?

images

17/05/2021

Eficácia? Não.

Os DIUs de cobre e prata previnem a gravidez da mesma maneira: o cobre é liberado em forma de íons que atuam inibindo a capacitação fertilizadora dos espermatozoides e inibindo a motilidade deles.

Outra ação é uma reação inflamatória que o DIU causa no endométrio, em resposta ao corpo estranho que ele é. Esta reação libera a ação de várias substâncias tóxicas ao espermatozoide, tais como: leucócitos, prostaglandinas e citocinas.

A prata é apenas um fino núcleo, não corrosível, que diminui a possibilidade de fragmentação do fio de cobre. Ele não é eliminado.
Portanto, a eficácia dos dois tipos de DIU: cobre e prata, teoricamente é a mesma.

Formato:

Talvez, a principal diferença entre os dois tipos seja o formato: Os chamados de prata têm um formato de YPSILON e assim, os braços horizontais deles se adaptam melhor à curvatura da cavidade uterina. Talvez isto explique a sensação de várias usuárias de menor incidência de cólicas e menor fluxo menstrual do que os DIUs de cobre.
Já os DIUs de cobre existem mais frequentemente em formato de T e em formato de ferradura. Os DIUs em formato de T possuem um anel de cobre em cada braço horizontal, tornando possível uma duração de 10-12 anos, ao contrário de todos os outros DIUs de cobre e prata, que é de 5 anos.

Todos os DIUs têm na sua estrutura um polietileno embebido com sulfato de bário, o que os torna radiopacos. Também têm um par de fios de coloração variável.
A validade de esterilização é a mesma; 7 anos e a volta à fertilidade é imediata após a remoção.

Custo-benefício: ambos são considerados LARCs (Contraceptivos Reversíveis de longa duração) e têm a melhor relação custo/benefício entre todos os métodos contraceptivos.

Resumo: são poucas as diferenças entre os DIUs de cobre e prata. Ambos são livres de hormônios, não interferem na lactação, não afetam a libido, podem ser usados em quase toda vida fértil da mulher, são convenientes e não requerem atenção diária da mulher.
 
 Prof. Antônio Aleixo Neto

Sugestões para você

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades.